5 tendências de Gestão Escolar para 2021

Atualizado: há 7 dias

Alguns desafios de 2020 permanecem, algumas mudanças serão parte do “novo normal” e alguns novos desafios surgiram. Veja tudo aqui nesse artigo que preparamos em parceria com o Professor Renato Casagrande.


5 tendências de Gestão Escolar para 2021


Poucas áreas foram tão afetadas quanto a Educação em 2020, com a crise econômica e sanitária gerada pelo novo coronavírus. Mesmo com as previsões de vacinação e com uma retomada de atividades que foram interrompidas durante o ano, especialistas estimam que muitas das mudanças trazidas pela pandemia não voltarão ao que eram antes.


Professor Renato Casagrande em parceria com o isaac

Durante o evento Ticket para o Futuro, realizado pelo isaac em 9 de dezembro, o Prof. Renato Casagrande, autoridade em Gestão Escolar, trouxe algumas dessas mudanças que devem tornar-se parte do “novo normal”. Ele também apontou alguns novos desafios que merecem atenção dos líderes escolares em 2021.


Confira abaixo estas 5 Tendências para a Gestão Escolar em 2021:


1) Educação híbrida trará uma combinação de ambientes de aprendizagem


O distanciamento social exigiu que as escolas adotassem o Ensino a Distância para garantir a continuidade das aulas. Muitas ainda não tinham sua estrutura preparada e tiveram que implantar tecnologias às pressas. Com a vacinação, o professor afirma que as instituições devem adotar um modelo híbrido, em que parte das aulas seja em sala, parte on-line.

“O novo normal vai exigir um novo comportamento. Não há mais sentido em continuar com a tarefa de casa como era, não há mais sentido em não conectar o aluno com o professor fora do horário e espaço da aula. Precisamos repensar a cultura escolar, que ainda é uma cultura de sala de aula regular, com quadro. Cuidado ao voltar! Cuidado com os velhos hábitos”, alertou.


2) Atenção para a retenção de alunos


Muitas escolas se preocupam mais com a captação de novos alunos e não se dedicam tanto à retenção de quem já faz parte do quadro discente. Estudos recentes do Instituto Casagrande apontam que o custo de perder alunos é altíssimo. Uma diminuição de 5% no número de estudantes pode trazer uma diminuição de 45% de receita da escola, afinal, os custos fixos permanecem os mesmos, mas há menos mensalidades contribuindo para pagar por estes custos.


3) Criar conexões com as famílias e alunos


Assim como realizar uma gestão humana e próxima será primordial, especialmente porque isso contribui com a satisfação dos familiares e alunos. Além de um rígido controle da qualidade dos serviços oferecidos e de uma mensuração constante e isenta da satisfação dos clientes, a ligação que as pessoas da comunidade têm com a escola tem um efeito sobre a retenção de alunos. “Os seres humanos querem ser vistos, reconhecidos e fazer parte de alguma coisa. Espero que essa ‘alguma coisa’ seja a sua escola. As escolas bem sucedidas este ano foram as que tinham ótima conexão com os pais e com os alunos”, comenta.


4) Uma visão sistêmica da escola como negócio


Essa visão tornou-se importantíssima para o sucesso. Além da Instituição, que olha para a principal atividade da escola, que é o pedagógico, o gestor deve olhar para a Organização, ou seja, a “engrenagem” que atua nos bastidores para que o pedagógico funcione. São áreas como Marketing, Jurídico, RH e Financeiro. E junto a essa visão sistêmica para o interior do negócio, é fundamental que o gestor monitore constantemente o “mundo externo”, ou seja, o mercado. É fundamental conhecer o tamanho do mercado, que percentual desse mercado sua escola detém, o chamado Market Share, qual a parte dos concorrentes. Como o mercado cresceu - sua escola cresceu junto? O que seus concorrentes oferecem? Sua escola tem diferenciais?



isaac, seu parceiro em gestão escolar do futuro

5) Uma Gestão Financeira profissional e estruturada

é imperativa. Como afirma o Prof. Renato, “um estudo feito no Instituto Casagrande mostrou que as escolas que tiveram mais sucesso durante a pandemia foram as mais profissionalizadas em termos financeiros. As que tinham fluxo de caixa, um orçamento, uma gestão profissionalizada”, relata. E para isso, a escola pode contar com sistemas e parcerias que apoiem essa gestão. O isaac, por exemplo, é uma plataforma especializada que transforma as transações financeiras entre escola e famílias em um processo simples, digital e seguro. A receita da escola é garantida em uma única transferência bancária com total transparência, sem atrasos e livre de burocracia.


Com um olhar estratégico e sistêmico para a escola em 2021, basta ficar atento aos desafios que apontamos acima e tirar o máximo proveito dessas dicas para o sucesso do seu negócio. E se quiser mais informações, não deixe de conferir outros materiais que preparamos:



E se quiser conhecer mais sobre o isaac, o seu parceiro de Gestão Escolar, acesse nosso site: www.olaisaac.com.br


467 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo